segunda-feira, 30 de março de 2020

Nossa Senhora e os Apóstolos dos Últimos Tempos

Santa Joana d'Arco na batalha de Patay.  Franck Craig (1874-1918), Musée d'Orsay, Paris.
Santa Joana d'Arco na batalha de Patay.
Franck Craig (1874-1918), Musée d'Orsay, Paris.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs










continuação do post anterior: Desgraças nos tempos do Anticristo e heroísmo dos fiéis perseverantes


Após descrever as linhas mestras do acontecer humano até o encerramento da história, Nossa Senhora introduziu no segredo um elemento novo.

Ela conclamou o aparecimento dos Apóstolos dos Últimos Tempos, uma legião de santos – ou uma ordem religiosa original – que há de ser suscitada pela Providência Divina para combater e derrotar a iniquidade revolucionária e sustentar o futuro Reino de Maria.

terça-feira, 24 de março de 2020

Anunciação: a festa dos escravos de Maria segundo o método de São Luis Grignon de Montfort

Corrente e Cruz de Nossa Senhora, Aparições de La Salette

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Em La Salette, Nossa Senhora apareceu usando uma Cruz e uma corrente todas especiais.

Mélanie, ela própria nos contou como eram:

“A Santa Virgem tinha uma belíssima cruz pendurada no pescoço.

“Essa cruz parecia ser dourada, mas digo dourada para não dizer que era folheada a ouro (...). Sobre esta cruz brilhantíssima havia um crucificado.

“Era Nosso Senhor com os braços estendidos sobre a cruz. Quase nas duas extremidades da cruz, de um lado havia um martelo e do outro uma torquês.

“A cor da pele do crucificado era natural, mas brilhava com grande fulgor.

“E a luz que emanava de todo seu corpo parecia dardos brilhantíssimos que perpassavam meu coração de desejo de me fundir n’Ele.

segunda-feira, 23 de março de 2020

Desgraças nos tempos do Anticristo
e heroísmo dos fiéis perseverantes

O demônio instrui o Anticristo. Luca Signorelli, catedral de Orvieto
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








continuação do post anterior: Crise e queda do Reino de Maria profetizada em La Salette




Prossegue o segredo:

“Um precursor do Anticristo, com tropas de várias nações, guerreará contra o verdadeiro Cristo, único Salvador do mundo, derramará muito sangue e tentará aniquilar o culto de Deus, para se fazer cultuar como um deus”.

“A Terra será atingida por toda espécie de flagelos (além da peste e da fome, que serão gerais).

“Haverá guerras até a última guerra, que será movida pelos dez reis do Anticristo, cujo objetivo será o mesmo e serão os únicos a governarem o mundo.

“Antes que isto aconteça, haverá uma espécie de falsa paz no mundo. Não se pensará em outra coisa, senão em se divertir. Os maus se entregarão a toda sorte de pecados.

Combates contra o exército do Anticristo. Iluminura na Biblioteca de Toulouse
“Mas os filhos da Santa Igreja, os filhos da fé, meus verdadeiros imitadores, acreditarão no amor de Deus e nas virtudes que me são mais caras.

“Felizes essas almas humildes conduzidas pelo Espírito Santo! Eu combaterei junto a elas até que atinjam a plenitude da idade”.

quarta-feira, 18 de março de 2020

Festa de São José, rei a três títulos sublimes,
Padroeiro da Igreja

São José, escola de Cuzco, século XVIII, Denver Art Museum.
São José, escola de Cuzco, século XVIII, Denver Art Museum.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







São José era, ao mesmo tempo, trabalhador manual, carpinteiro e como tal pertencente à camada mais modesta da sociedade.

Mas de outro lado, ele era descendente do rei Davi, e de toda uma linhagem de reis de Israel.

A Casa de Davi decaiu e, com o tempo, perdeu o trono, afastou-se do poder. Sua família continuou a morar em Israel, em Judá, mas cada vez menos influente, menos poderosa e menos rica.

Quando afinal nasceu Nosso Senhor Jesus Cristo a Casa de Davi estava no auge de sua decadência.

Então, São José Operário pode ser e deve ser cultuado enquanto operário.

Mas pode e deve também ser cultuado enquanto príncipe da Casa de Davi.

O papa Leão XIII, que foi um dos Pontífices que mais inculcaram a devoção a São José, disse taxativamente que não só São José deve se cultuado também como modelo do príncipe, mas devia também ser o modelo, o ânimo, o estímulo de todos aqueles que pertencessem a grandes linhagens decadentes.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Crise e queda do Reino de Maria profetizada em La Salette

Os anjos conduzem as almas santas ao Céu. Detalhe do Juízo Final de Fra Angelico (1395 – 1455), convento de San Marco, Florença
Os anjos conduzem as almas santas ao Céu.
Detalhe do Juízo Final de Fra Angelico (1395 – 1455),
convento de San Marco, Florença
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




continuação do post anterior: Segredo de La Salette: intervenção dos anjos e triunfo inaudito da Igreja




Como vimos no post anterior, em La Salette Nossa Senhora profetizou o fim da maldade dos presentes dias.

Por uma intervenção fulgurante dos santos anjos enviados por Jesus Cristo a iniquidade será enxotada da Terra, não sem grandes cataclismas.

Essa previsão do triunfo da Igreja entra numa harmonia admirável com o Reino de Maria antevisto por São Luís Grignion de Montfort, autor do Tratado da Verdadeira Devoção a Nossa Senhora.

Deus também comunicou a futura vinda desse Reino de Maria a numerosas almas santas que citamos no nosso blog.

Porém, esse Reino de Maria terá seu fim, como toda era histórica. Sua duração não a conhecemos mas estará na dependência da fidelidade dos homens. Quando essa afrouxar, o Reino de Maria será encerrado por nova decadência.


Por isso, continua o segredo:

“Esta paz entre os homens não será longa. Vinte e cinco anos de safras abundantes lhes farão esquecer que os pecados dos homens são a causa de todas as desgraças que sucedem na terra”.

O que significa, em unidades de tempo, que essa época pacífica “não será longa”?

segunda-feira, 9 de março de 2020

Segredo de La Salette: intervenção dos anjos e triunfo inaudito da Igreja

Vitória dos Anjos fiéis, Pieter Bruegel  (1525-1569),
Royal Museums of Fine Arts, Bruselas
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




continuação do post anterior: Nosso Senhor mostra a Santa Maria de Jesus Crucificado a conjuração para aniquilar Roma e Paris




Após anunciar os castigos que acarretarão entre outras coisas, a destruição futura de Paris, Marselha e grandes cidades, o Segredo completo de La Salette prossegue anunciado um triunfo inaudito da Igreja:

“Os justos sofrerão muito. Suas orações, sua penitência e suas lágrimas subirão até o céu e todo o povo de Deus pedirá perdão e misericórdia.

“E pedirá minha ajuda e intercessão.

“Jesus Cristo, por um ato de sua justiça e de sua grande misericórdia em relação aos justos, ordenará a seus anjos que deem morte a todos os seus inimigos.

“De repente os perseguidores da Igreja de Jesus Cristo e todos os homens entregues ao pecado perecerão, e a Terra tornar-se-á como um deserto”.

Na redação de 1851, depois de anunciar a apostasia de três quartos da França, Maximin escreveu:
“Após isso as nações converter-se-ão, a fé se reacenderá por todo lado.

“Mas antes que isto advenha, acontecerão grandes abalos na Igreja e por todo lado”.

Tudo considerado, junto com o aniquilamento dos maus, hão de se completar as conversões dos que serão salvos.

Mas como poderiam acontecer estas conversões em meio a uma humanidade tão pecadora e tão punida?

Mélanie confidenciou ter recebido luzes de Nossa Senhora a respeito. Porém não podia dá-las a conhecer.

Interrogada por que não desvendava isto, respondeu:

“Porque contém tais segredos da misericórdia divina.

“Conhecendo-os, os homens, em lugar de rezar para conjurar os acontecimentos, terão pressa de vê-los chegar a fim de poder gozar mais cedo o triunfo inaudito da Igreja”.

segunda-feira, 2 de março de 2020

Beato Palau: o poder do diabo na Rússia
e os Apóstolos dos Últimos Tempos

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





Continuação do post anterior: Beato Palau: o comunismo montando o cisma russo prepara a vinda do Anticristo



A igreja cismática russa é chamada igreja ortodoxa (IO). Mas o adjetivo ortodoxo vem de ortos, quer dizer regra, e doxus, doutrina, ensinamento. Então a igreja que tem o reto ensinamento.

Mas, isso ela não tem. A verdadeira Igreja ortodoxa é a Santa Igreja Católica, Apostólica e Romana. Só Ela tem o privilégio de ensinar a verdadeira doutrina em nome de Deus a todas as almas.

Durante o czarismo essa IO era um tal caos contínuo que o embaixador francês Maurice Paleologue conta que antes da I Guerra Mundial, seus seminários tinham muitos candidatos, mas a IO não tinha força para que perseverassem solteiros.