segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Os apóstolos dos últimos tempos
e a vitória sobre os males de hoje
anunciada em La Salette



continuação do post anterior: Chegou a hora de aparecerem os Apóstolos dos Últimos Tempos? – La Salette e São Luis Maria Grignion de Montfort

O mistério dos Apóstolos dos Últimos Tempos parece conter a solução dos problemas que afogam o mundo. Não é um mistério ruim, mas bom, pois vem carregado de promessas de salvação e consolação.

São Luis Maria Grignion de Montfort antevia profeticamente que esses novos apóstolos seriam o instrumento por excelência de Nossa Senhora para tirar a humanidade da entalada de confusão e pecado em que vai se enroscando cada vez mais.

Por isso, tais apóstolos terão como sinal uma ardente e inigualada devoção à Mãe de Deus, de Quem serão perfeitos escravos de amor.

Por isso o grande santo fala especialmente deles em seu Tratado quando fala de: “A devoção à Santíssima Virgem será especialmente necessária nesses últimos tempos” e do “Papel especial de Maria nos últimos tempos”.

A devoção à Santíssima Virgem será especialmente necessária nesses últimos tempos

“54. Deus não pôs somente inimizade, mas inimizades, e não somente entre Maria e o demônio, mas também entre a posteridade da Santíssima Virgem e a posteridade do demônio.

“Quer dizer, Deus estabeleceu inimizades, antipatias e ódios secretos entre os verdadeiros filhos e servos da Santíssima Virgem e os filhos e escravos do demônio.

“Não há entre eles a menor sombra de amor, nem correspondência íntima existe entre uns e outros.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Chegou a hora de aparecerem os Apóstolos dos Últimos Tempos?
La Salette e São Luis Maria Grignion de Montfort


Na parte final do Segredo de La Salette, após descrever as grandes linhas da História e da intervenção divina nela contra os poderes crescentes do mal e de seus chefes o Anticristo e Satanás, Nossa Senhora faz um premente apelo àqueles que denomina “Apóstolos dos Últimos Tempos”.

“Eu dirijo – disse Nossa Senhora – um premente apelo à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus.

“Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens. Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza a meu divino Filho, aqueles que levo por assim dizer nos meus braços, que vivem de meu espírito.

“Enfim, apelo aos Apóstolos dos Últimos Tempos, aos fiéis discípulos de Jesus Cristo que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento e desconhecidos do mundo.

“É chegado o tempo para que eles saiam e venham iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos amados.

“Estou convosco e em vós, contanto que vossa fé seja a luz que vos ilumina nestes dias de desgraças.

“Que vosso zelo vos faça como que famintos da glória e honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, pequeno número que isto vedes, pois aí está o tempo dos tempos, o fim dos fins”.