segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Anticristo: macaqueação de Cristo no Fim dos Tempos (Pe.Arminjon)

Fará adorar sua imagem. Tapeçaria do Apocalipse, Angers, detalhe.
Fará adorar sua imagem.
Tapeçaria do Apocalipse, Angers, detalhe.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







continuação do post anterior: O Anticristo será um homem de origem infame (Pe.Arminjon)



O Leão do abismo, que nos últimos tempos da humanidade Deus, nos segredos de sua Justiça, terá desencadeado para punir a infidelidade dos homens, se identificará de certo modo com ele, e lhe inoculará a plenitude de sua malícia.

Sem dúvida ele não carecerá da ajuda de seu bom anjo, nem com a ajuda necessária da graça suficiente, que Deus nesta vida concede a todo homem sem exceção.

Mas seu ódio contra Deus será tão violento, sua repulsa por toda boa obra tão invencível, suas relações e seus tratos com o espírito das trevas tão próximos e tão constantes, que, do berço até o último suspiro, ele permanecerá firmemente rebelde a todos os convites divinos e a graça do alto nunca terá acesso a seu coração.

Esta série de posts foi traduzida do livro "Fim do mundo presente e mistérios da vida futura" do Pe. Charles-Marie-Antoine Arminjon (1824-1885), edição do Office Central de Lisieux  Em linha
Santo Tomás nos diz que na sua pessoa e nas suas obras se manifestará como o antípoda do Filho de Deus e que será a paródia dos seus milagres e das suas obras.

O espírito maligno, desde a sua origem, só perseguiu um único objetivo: o de usurpar o lugar do Todo-poderoso, para constituir para si mesmo aqui abaixo um reino que o compensa pelo reino dos céus, do qual sua revolta o excluiu.

E para atingir esse objetivo com mais segurança, é costume, diz Tertuliano, fazer-se o macaco de Deus, falsificá-lo em todas as suas obras.

O adversário dos últimos tempos, portanto, não se apresentará apenas como o inimigo declarado e pessoal de Jesus Cristo.

Mas ele aspirará abertamente destroná-lo, suplantá-lo na homenagem e veneração dos homens, para receber a adoração e a glória que são devidas apenas ao Criador.

Ele afirmará, diz Santo Tomás, que é o Ser supremo e eterno e, como tal, receberá honras e um culto de latria.

Assim, terá sacerdotes, oferecerá sacrifícios, exigirá que seu nome seja invocado em juramentos e que os homens o utilizem para selar a fé dos tratados: Ita ut ostendens tanquam sit Deus.

Para melhor credenciar esta persuasão, ele irá opor suas falsas revelações às revelações divinas; seus rituais ímpios às cerimônias do culto divino; à Igreja Eterna fundada por Jesus Cristo, uma sociedade abominável da qual ele será o cabeça e o pontífice.

E da mesma forma, acrescenta Santo Tomás, que a plenitude da Divindade habita corporalmente no Verbo Encarnado, assim a plenitude de todo o mal habitará neste homem terrível, cuja missão e obras serão apenas uma cópia reversa e execrável, uma falsificação da missão e obras de Jesus Cristo.

Os homens adorarão a besta da Terra e a Besta do mar, Museo Paul Getty
Levará os homens a adorar as bestas da Terra e do Mar, Museu Paul Getty
Por meio dele Satanás selará sua impiedade.

Ele vai de certa forma quintessenciar neste tipo de vida todos os projetos sinistros que concebeu contra os homens, e que nunca deixou de inspirá-lo animado pelo ódio ardente e implacável contra Deus

E em seus conselhos ocultos, o Senhor do Céu permitirá que este tipo de Inferno prevaleça por um tempo.

Santo Tomás caracteriza este delegado de Satanás chamando-o de caput omnium malorum: o príncipe e o inspirador de todas as concupiscências da carne e de todos os delírios do espírito.

A tal ponto que os gênios da mentira e os artífices da vilania, que se sucederam em idades diferentes, aparecerão junto a este homem apenas como pigmeus para um gigante.

Assim, ele renovará as infâmias de Nero; ele será animado pelo ódio e violência de Diocleciano; ele terá a astúcia e duplicidade de Juliano, o Apóstata; ele recorrerá à intimidação e fará com que a terra se curve sob seu cetro, como Maomé; será letrado, filósofo, orador hábil, será eminente nas artes e nas ciências industriais, lidará com zombarias e risos como Voltaire.

As bestias da terra (nações cristãs renegadas) e do mar (nações pagãs) servirão ao Anticristo
As bestas da terra (nações cristãs renegadas) e do mar (nações pagãs) servirão ao Anticristo
Tapeçaria do Apocalipse, Angers.
Finalmente, ele fará maravilhas e se elevará no ar como o mágico Simon.

Se você perguntar por que a Providência Divina permitirá que ele exerça tanto poder e tal sedução, o apóstolo São Paulo nos dá a razão:

“Porque os homens não receberam o amor da verdade para serem salvos”.

Como castigo, Deus enviará a eles um espírito que tornará eficaz o erro, para que creiam no erro, para que sejam condenados todos aqueles que não acreditaram na verdade, mas se divertiram na injustiça. 



continua no próximo post: Prodígios para seduzir os homens (Pe.Arminjon)


2 comentários:

  1. Que terrível!
    Que a misericórdia de Deus nos livre de inimigo tão feroz!

    ResponderExcluir
  2. Será que a manifestação do Anticristo está próxima???
    Tanta coisa ruim acontecendo!!!
    O controle populacional se tornando cada vez mais forte. Isso só pode ser um instrumento do Anticristo!

    ResponderExcluir