segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Fim da aparição. Nossa Senhora sobe ao Céu

Sobre o fim do Anticristo, Mélanie disse ao Pe. E. Combe que, numa ocasião, em que ele tentará ascender ao céu,

“São Miguel Arcanjo aparecerá com um exército de anjos de um esplendor sem igual, bradando: “Quem é como Deus? Quis ut Deus?”.

“Imediatamente os demônios perderão seu luzimento e sua força e se afastarão do Anticristo, que eles sustentavam com seu poder.

“Um fogo imenso sairá da terra entreaberta sob os pés dos espectadores da primeira fileira, dispostos segundo sua dignidade e opulência.

“Eles serão engolidos junto com o Anticristo e os demônios, por vasta cratera que se fechará depois sobre eles”.

Após pronunciar as palavras que encerram o segredo, Nossa Senhora comunicou a Mélanie a regra dos Apóstolos dos Últimos Tempos e continuou com a parte pública da revelação.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

No fim do mundo, Deus enviará Henoc e Elias

O profeta Santo Elias
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Imediatamente após a conclamação dos apóstolos dos últimos tempos, o Segredo de La Salette destaca o papel que desempenharão Henoc e o profeta Elias nos horizontes proféticos acenados por Nossa Senhora no local de La Salette.

O Apocalipse ensina que no fim dos tempos Deus enviará duas testemunhas a combater o Anticristo (Ap, XI,3-ss.).

Segundo uma interpretação defendida por santos e exegetas tradicionais, essas testemunhas seriam o profeta Elias e o patriarca Henoc.

Eles estariam conservados num local ignoto e seriam enviados à Terra para uma pregação derradeira antes do fim do mundo.

Santo Elias, Monte Carmelo, Terra Santa
Santo Elias, Monte Carmelo, Terra Santa
Em favor de que Elias seja uma das duas testemunhas, poderia-se invocar as palavras do profeta Malaquias:

“Eis que vos enviarei o profeta Elias antes que chegue o dia do Senhor, grande e terrível.

“Ele converterá o coração dos pais para os filhos e o coração dos filhos ao dos pais, para que não chegue eu e entregue a Terra toda ao anátema” (Mal, 3, 23-24).

Prossegue então o segredo referindo-se às testemunhas:

“A Igreja será eclipsada, o mundo estará na consternação.

“Mas eis Henoc e Elias cheios do Espírito de Deus. Eles pregarão com a força de Deus, os homens de boa vontade acreditarão em Deus e muitas almas serão consoladas.

“Eles farão grandes progressos, pela virtude do Espírito Santo, e condenarão os erros diabólicos do Anticristo.

“Ai dos habitantes da Terra! Haverá guerras sangrentas e fome, peste e doenças contagiosas. Haverá chuvas feitas de saraivadas espantosas de animais, trovoadas que abalarão as cidades, terremotos que engolirão países.

São João contempla a segunda vinda de Cristo
São João contempla a segunda vinda de Cristo
no Fim do mundo
“Ouvir-se-ão vozes pelos ares. Os homens baterão as cabeças contra as paredes. Pedirão a morte, e por outro lado a morte será seu suplício. O sangue correrá de todo lado.

“Quem poderá resistir, se Deus não diminuir o tempo da prova?

“Deus se deixará dobrar pelo sangue, lágrimas e orações dos justos.

“Henoc e Elias serão mortos. Roma pagã desaparecerá. O fogo do céu cairá e consumirá três cidades.

“Todo o universo será tomado de terror, e muitos se deixarão seduzir, porque não adoraram o verdadeiro Cristo vivo entre eles.

“Chegou a hora, o sol se obscurece, só a fé viverá.

“Chegou o tempo, o abismo se abre. Eis o rei dos reis das trevas, eis a Besta com seus súditos, dizendo ser o salvador do mundo.

“Ele se elevará orgulhosamente nos ares para ir até o céu. Será asfixiado pelo sopro de São Miguel Arcanjo. Cairá.

“E a Terra, que durante três dias terá estado em contínuas evoluções, abrirá seu seio cheio de fogo.

“Ele será submerso para sempre, com todos os seus, nos despenhadeiros eternos do inferno.

A besta que sai do abismo
A besta que sai do abismo
“Então a água e o fogo purificarão a Terra e consumirão todas as obras do orgulho dos homens, e tudo será renovado.

“Deus será servido e glorificado”.

Termina aqui o Segredo, que foi transcrito integralmente nos nossos posts.

Segundo os padres Laurentin e Corteville a imagem de “chuvas feitas de saraivadas espantosas de animais” “pode significar o desencadeamento multiforme, discreto mas eficaz, do demônio nos nossos dias”.

De fato, a imagem poder-se-ia aplicar, mutatis mutandi, ao caos hodierno e às monstruosas situações que ele gera quotidianamente, e que chovem sobre a humanidade em grandes quantidades, por exemplo, através da mídia.

Sobre a liquidação do Anticristo, Mélanie disse ao Pe. E. Combe que, no momento em que ele tente ascender ao céu:

“São Miguel Arcanjo aparecerá com um exército de anjos de um esplendor sem igual, bradando: “Quem é como Deus? Quis ut Deus?”.

“Imediatamente os demônios perderão seu luzimento e sua força e se afastarão do Anticristo, que eles sustentavam com seu poder.

“Um fogo imenso sairá da terra entreaberta sob os pés dos espectadores da primeira fileira, dispostos segundo sua dignidade e opulência.

“Eles serão engolidos junto com o Anticristo e os demônios, por vasta cratera que se fechará depois sobre eles”.


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Mélanie, Maximin e os Apóstolos dos Últimos Tempos

Túmulo de S. Luís Maria Grignion de Montfort, St-Laurent-sur-Sèvre
Dos videntes de La Salette, Mélanie foi quem mais se estendeu sobre os apóstolos dos últimos tempos.

Mélanie teve uma visão sobre tais Apóstolos, e Nossa Senhora também ditou-lhe uma regra para eles. Nota distintiva dos apóstolos dos últimos tempos seria seu espírito de luta contra os males morais verberados por Nossa Senhora em La Salette.

Mélanie relatou:
“Eu vi e compreendi que o bom Deus queria que esta ordem lutasse contra os abusos que levaram à decadência do clero e do estado religioso e à ruína da civilização cristã”.

Houve tentativas, todas elas infrutíferas, por parte de Mélanie e outros, de fundar ou, pelo menos, deixar estabelecidos fundamentos para a instauração do instituto dos apóstolos dos últimos tempos.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

13 de outubro de 1917: sexta e última aparição em Fátima. O milagre do sol:


Como das outras aparições, os videntes notaram o reflexo de uma luz e, em seguida, Nossa Senhora sobre a carrasqueira:

Lúcia: “Que é que Vossemecê me quer?”

Nossa Senhora: “Quero dizer-te que façam aqui uma capela em minha honra, que sou a Senhora do Rosário, que continuem sempre a rezar o terço todos os dias. A guerra vai acabar e os militares voltarão em breve para suas casas”.

Lúcia: “Eu tinha muitas coisas para Lhe pedir. Se curava uns doentes e se convertia uns pecadores...”

Nossa Senhora: “Uns sim, outros não (14). É preciso que se emendem, que peçam perdão dos seus pecados”. E tomando um aspecto triste: “Não ofendam mais a Deus Nosso Senhor que já está muito ofendido” (15).

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

São Luís Maria Grignion de Montfort e os Apóstolos dos Últimos Tempos

São Luís Maria ensinou a escravidão de amor a Nossa Senhora e  anunciou a vinda dos Apóstolos dos Últimos Tempos
São Luís Maria ensinou a escravidão de amor a Nossa Senhora e
anunciou a vinda dos Apóstolos dos Últimos Tempos




Santos da maior envergadura viram profeticamente a vinda desses Apóstolos dos Últimos Tempos anunciados por Nossa Senhora em La Salette.

Nenhum tratou deles tão profundamente como São Luís Maria Grignion de Montfort.

Na Oração Abrasada ele pede a Deus:

“Lembrai-vos, Senhor, lembrai-vos da vossa Congregação que desde o princípio vos pertenceu, e em que pensastes desde toda a eternidade. (...)

“Suscitai homens de vossa destra, tais quais mostrastes a alguns de vossos maiores servos, a quem destes luzes proféticas, a um São Francisco de Paula, a um São Vicente Ferrer, a uma Santa Catarina de Siena, e a tantas outras grandes almas” .

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Nossa Senhora e os Apóstolos dos Últimos Tempos

Cruzeiro nos Alpes

Após descrever as linhas mestras do acontecer humano até o encerramento da história, Nossa Senhora introduziu no segredo um elemento novo.

Ela conclamou o aparecimento dos Apóstolos dos Últimos Tempos, uma legião de santos – ou uma ordem religiosa original – que há de ser suscitada pela Providência Divina para combater e derrotar a iniqüidade revolucionária e sustentar o futuro Reino de Maria.

Assim diz o segredo:

“Eu dirijo um premente apelo à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus. Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens.

“Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza a meu divino Filho, aqueles que levo por assim dizer nos meus braços, que vivem de meu espírito.