segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Chegou a hora de aparecerem os Apóstolos dos Últimos Tempos?
La Salette e São Luis Maria Grignion de Montfort


Na parte final do Segredo de La Salette, após descrever as grandes linhas da História e da intervenção divina nela contra os poderes crescentes do mal e de seus chefes o Anticristo e Satanás, Nossa Senhora faz um premente apelo àqueles que denomina “Apóstolos dos Últimos Tempos”.

“Eu dirijo – disse Nossa Senhora – um premente apelo à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus.

“Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens. Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza a meu divino Filho, aqueles que levo por assim dizer nos meus braços, que vivem de meu espírito.

“Enfim, apelo aos Apóstolos dos Últimos Tempos, aos fiéis discípulos de Jesus Cristo que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento e desconhecidos do mundo.

“É chegado o tempo para que eles saiam e venham iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos amados.

“Estou convosco e em vós, contanto que vossa fé seja a luz que vos ilumina nestes dias de desgraças.

“Que vosso zelo vos faça como que famintos da glória e honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, pequeno número que isto vedes, pois aí está o tempo dos tempos, o fim dos fins”.

Quem serão estes Apóstolos dos Últimos Tempos? Mélanie julgou ser sua missão rezar, sofrer e trabalhar para sua vinda. E assim o fez até o fim da vida.

Ela morreu ciente de não os ter conhecido; mas, de outro lado, com a certeza plena de que eles haveriam de aparecer.

Numa convergência providencial, enquanto Ela lançava esse apelo na montanha de La Salette acontecia a recuperação e publicação do hoje célebre Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Tratado de São Luís Maria Grignion de Montfort.

O Tratado hoje é célebre e é merecidamente reconhecido como a obra mestra de um dos maiores doutores marianos da Igreja.

Mas nos dias da aparição de La Salette apenas era conhecido.

São Luís Grignion o escreveu no início do século XVIII. Mas após sua morte em 1716 o manuscrito ficou esquecido e desapareceu. O próprio santo previu que assim haveria de suceder.

Mesa sobre a qual São Luis Grignion escreveu o Tratado. Facsímile e estatueta alusiva
Mesa sobre a qual São Luis Grignion escreveu o Tratado. Facsímile e estatueta alusiva
O manuscrito foi encontrado em 22 de abril de 1842, mais de um século após ser escrito, enquanto eram reunidas as peças para o processo de beatificação do santo. Ele foi editado pela primeira vez em 1843, ou seja, poucos anos antes da aparição de La Salette.

A recuperação e publicação do Tratado convergiu providencialmente com a revelação de La Salette sobre os apóstolos dos últimos tempos. A mensagem de La Salette e o Tratado foram difundidos na mesma quadra histórica.

 No tocante aos apóstolos dos últimos tempos, La Salette confirma o Tratado. E este fornece uma estrutura teológica, aprovada pela Igreja para a devoção mariana que melhor se coaduna com La Salette.

Mas, o que diz São Luis Maria no Tratado sobre esses “Apóstolos dos Últimos Tempos?

No nº 47 do Tratado, o Santo explica: “no fim do mundo e em breve, o Altíssimo e sua santa Mãe devem suscitar grandes santos, de uma santidade tal que sobrepujarão a maior parte dos santos, como os cedros do Líbano se avantajam às pequenas árvores em redor, segundo revelação feita a uma santa alma”.

Nos números seguintes o grande doutor mariano nos fornece uma descrição, sem dúvida profética, desses apóstolos vindouros que coincide admiravelmente com as palavras de Nossa Senhora.

Ele diz:

Os maus derrotados pelos santos e pelos anjos. França por volta de1480. British Library, coleção Sloane Manuscripts nº 3049.
Os maus derrotados pelos santos e pelos anjos.
França por volta de1480. British Library, coleção Sloane Manuscripts nº 3049.
“Estas grandes almas, cheias de graça e de zelo, serão escolhidas em contraposição aos inimigos de Deus a borbulhar em todos os cantos, e elas serão especialmente devotas da Santíssima Virgem, esclarecidas por sua luz, alimentadas de seu leite, conduzidas por seu espírito, sustentadas por seu braço e guardadas sob sua proteção, de tal modo que combaterão com uma das mãos e edificarão com a outra (cf. Ne 4, 17).

“Com a direita combaterão, derrubarão, esmagarão os hereges com suas heresias, os cismáticos com seus cismas, os idólatras com suas idolatrias, e os ímpios com suas impiedades; e com a esquerda edificarão o templo do verdadeiro Salomão e a cidade mística de Deus, isto é, a Santíssima Virgem que os Santos Padres chamam ‘o templo de Salomão’ e ‘a cidade de Deus’.

“Por suas palavras e por seu exemplo, arrastarão todo o mundo à verdadeira devoção e isto lhes há de atrair inimigos sem conta, mas também vitórias inumeráveis e glória para o único Deus.

São Vicente Ferrer também anteviu profeticamente os Apóstolos dos Últimos Tempos. Jacopo Bedi e F.Brunori, séc. XV-XVII, diocese de Gubbio, Itália.
São Vicente Ferrer também anteviu profeticamente
os Apóstolos dos Últimos Tempos.
Jacopo Bedi e F.Brunori, séc. XV-XVII, Gubbio, Itália.
“É o que Deus revelou a São Vicente Ferrer, grande apóstolo de seu século, e que se encontra assinalado em uma de suas obras.

“O mesmo parece ter predito o salmo 58 (14, 15), em que se lê: ‘Et scient quia Deus dominabitur Jacob et finium terrae; convertentur ad vesperam, et famem patientur ut canes, et circuibunt civitatem – E saberão que Deus reinará sobre Jacob, e até os confins da terra; voltarão à tarde, e padecerão fome como cães, e rodearão a cidade, em busca do que comer’.

“Esta cidade que os homens encontrarão no fim do mundo para se converterem e saciarem a sua fome de justiça, é a Santíssima Virgem, que o Espírito Santo denomina ‘cidade de Deus’ (Sl 86, 3)”.

São Luis Maria não se detém aqui. Ele vai muito mais longe na descrição. É nossa intenção prosseguir com ela nos próximos posts.


continua no próximo post: os Apóstolos dos Últimos Tempos e a vitória sobre os males de hoje anunciada em La Salette

(Fonte: São Luís Maria Grignion de Montfort, “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, 19ª edição – Editora Vozes – Petrópolis, 1992).


2 comentários:

  1. José Osivan Barbosa de Lima5 de dezembro de 2014 22:56

    Creio que diante de tudo que foi falado nesse post, só nos resta pedirmos a Deus, as graças necessárias, para vivermos a sua santa palavra.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus! A q ponto chegamos...TUDO VAI SE CUMPRINDO! AO MESMO TEMPO Q MUITOS Q ESTAVAM AFASTADOS E ESPALHADOS POR AÍ...VOLTAM A SANTA MADRE IGREJA UNA, SANTA, CATÓLICA, APOSTÓLICA E ROMANA!

    ResponderExcluir