terça-feira, 3 de abril de 2012

Quarta-feira Santa: a Igreja lembra a Traição de Judas

O Sinédrio tramava apoderar-se de Cristo. Judas indicou o meio: ‘Eu sei onde, sou discípulo d’Ele, mas quero dinheiro pelas indicações!’

Era natural que os sinedristas dessem uma boa quantia. Mas eles eram gananciosos, e Judas conformou-se com pouco, porque queria dinheiro logo.

Quando Judas apareceu para prender Nosso Senhor e osculou-O, Jesus perguntou-lhe com afeto: ‘Judas, com um ósculo tu trais o Filho do Homem?’ (Lc 22,48).

Judas não se incomodou. ‘Trinta dinheiros, o resto não importa!’ Conhecemos a resto da história, que terminou ignobilmente numa figueira.

Nosso Senhor sabia que ia ser vendido por esse preço. Zacarias havia profetizado: ‘Deram para o meu salário trinta moedas de prata’ (Zc 11,13).

Tudo se passou assim, porque Ele consentiu. O Salvador não era um vencido amarrado e garroteado, mas o vencedor que divinamente quis Se deixar prender para a salvação do gênero humano

(Fonte: "Catolicismo", abril de 2003)


Um comentário:

  1. Eu estava escutando a homilia de um padre sobre a traição de Judas. Achei tão interessante o que ele disse que gostaria de partilhar aqui:

    "A história de Judas, uma pessoa real, que fez escolhas definitivas, e pelas quais, foi responsável, é a história sobre o mistério e a tragédia do pecado. O pecado é a coisa mais terrível deste mundo. Muito pior que os grandes desastres naturais ou a perda de fortunas pessoais. [...] O pecado é a coisa que deve ser evitada a todo custo."

    (The story of Judas, a real person, who made definite choices, for it he was responsible, is story of the mistery and tragedy of sin. Sin is the most terrible thing in the world. Far worse than great natural disasters or lost personal fortune [...]Sin is the one thing to be avoid with all cost.")

    A homilia toda pode ser ouvida neste endereço

    Iscariot (Matthew 26, 14-25) B12
    The tragedy of Judas Iscariot (Wednesday of Holy Week B12, Matthew 26, 14-25)
    http://youtu.be/MzhB4zUOm2g

    ResponderExcluir